De modo geral, a filosofia adotada pelo sistema nesta etapa segue os seguintes aspectos:

- Após a análise estrutural do edifício (pórtico espacial e grelhas), os esforços solicitantes de todas as combinações últimas são transferidas automaticamente para cada um dos elementos estruturais que compõem a estrutura.

- São transferidos os efeitos das cargas verticais, do vento, das imperfeições geométricas globais, dos esforços globais de 2a. ordem, ... para todos elementos.

- São transferidos e tratados todos os tipos de esforços: força normal, forças cortantes, momento torçor e momentos fletores.

- Todos elementos são então automaticamente dimensionados e detalhados de acordo com as solicitações transferidas e com os critérios de projeto definidos (cobrimentos, espaçamentos, ...).

- Muito embora os desenhos das armações nos elementos sejam gerados de forma completa, o Engenheiro pode otimizar e refinar o dimensionamento e detalhamento das armaduras através de editores gráficos inteligentes, tendo a possibilidade inclusive de fazer uma verificação local das alterações realizadas. 

- Para o caso de detalhamentos especiais não tratados de forma automática pelo sistema, há um editor de armação genérico, no qual todo o detalhamento pode ser executado de forma eficiente. Contempla diversos tipos de armaduras, acerto de posições, etc.

O CAD/TQS possui alguns itens exclusivos que tornam o dimensionamento e detalhamento das armaduras nos diversos elementos que compõem a estrutura mais seguros. Os desenhos de armação gerados pelo sistema CAD/TQS são mais completos.

Alguns exemplos são: verificação de dutilidade nos apoios de vigas e lajes, adaptação plástica à torção em vigas, ancoragem adequada em vigas com apoios curtos, análise dos efeitos localizados em pilares-parede, etc. Todos estes itens serão explicados com mais detalhes nas páginas seguintes.