O Escadas-TQS permite desde o lançamento, dimensionamento e detalhamento de escadas simples, com poucos lances e patamares, ao de escadas complexas, com vários lances e patamares. Sendo possível ainda o lançamento de mais de uma caixa de escada para um edifício, possibilitando uma melhor definição do edifício dentro do modelo matemático.

Na figura ao lado é possível observar algumas escadas lançadas no Modelador Estrutural, e que podem ser calculadas pelo Sistema CAD/TQS.

Os elementos possíveis de serem lançados utilizando o TQS são: lances e patamares de escadas, vigas inclinadas e pilaretes. Ou seja, todos os elementos necessários para a determinação de qualquer tipo de escada, desde convencionais a complexas, são tratados pelo TQS.

O sistema possui dois tipos de tratamentos para o dimensionamento de escadas: um processo simplificado e um processo refinado.

No primeiro os elementos da escada (neste caso os patamares e lances de escadas retas ou em U) podem ser dimensionados separadamente do edifício, possibilitando que escadas convencionais e simples (com vãos pequenos) e que não contribuam significativamente na Rigidez da Estrutura* sejam analisadas de forma extremamente fácil e ágil, bastando apenas a definição de geometria, cargas e materiais para a obtenção dos detalhamentos dos ferros. Esse processo é útil para o dimensionamento de escadas de pequenas edificações, como casas e sobrados.

* Para edifício altos, os elementos das escadas (lances, patamares, vigas inclinadas e pilaretes) podem representar um papel importante na estabilidade global da estrutura. Para edifício pequenos a influência da escada, não é essencial.

Observe a facilidade de se utilizar o processo simplificado para o dimensionamento de escadas.

No segundo os elementos das escadas (lances, patamares, vigas e pilaretes) são modelados por Pórtico Espacial, juntamente com a Grelha do pavimento, sendo levados em conta no modelo global da estrutura de tal forma que o edifício seja melhor representado no modelo matemático utilizado para o dimensionamento. Esse processo possíbilita um refinamento muito importante na análise de edifícios altos, onde a rigidez da escada possa contribuir significativamente no comportamento global da estrutura.

Para auxiliar o usuário na determinação da geometria da escada é possível utilizar uma calculadora de degraus que leva em consideração a chamada "Equação do Conforto"* para o dimensionamento dos passos e espelhos da escada. A utilização desta calculadora possibillita a construção de escadas "agradáveis" de serem transitadas, não gerando esforços excessivos para a sua transposição.

* A chamada Equação de Conforto é utilizada dentro da arquitetura para dimensionar os espelhos e passos de escadas, de modo que estas não ofereçam grandes dificuldades para sua transposição. Seu formato matemático é: 60 = Passo + 2 x Espelho = 64

Nesta seqüência de imagens é possível observar a utilização da calculadora de degraus. Para a sua utilização é necessário apenas os valores de desnível e comprimento do lance.

É possível também acessar uma calculadora de flexão composta normal, que pode ser utilizada para a verificação dos resultados apresentados pelo TQS.

Após o dimensionamento e detalhamento da escada o desenho de todos os ferros é detalhado com posição, tamanho e formato, sendo necessários apenas poucos ajustes para a impressão do mesmo.

Visualize exemplos de desenhos de detalhamento de escadas com formatos simples e complexos.

Fluxograma

Juntamente com a documentação do software é entregue um fluxograma exclusivo para Escadas, abordando as principais etapas para a dimensionamento e detalhamento de um destes elementos.

Veja ao lado o Fluxograma de funcionamento do sistema ESCADAS-TQS (que é distribuído junto com a documentação).